CARBONO MUSICAL 2: Juventude Transviada, V/A (1956-1962)

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Juventude Transviada, V/A (1956-1962)

Juventude Transviada, V/A (1956-1962) - Coletânea

“Juventude Transviada” é uma compilação que reúne algumas famosas faixas pioneiras do rock brasileiro, com a participação de diversos intérpretes. Recordamos a história da época, o pioneirismo do rock e a Pré-Jovem Guarda brasileira. O "pontapé inicial" do rock no Brasil foi Nora Ney (conhecida cantora de samba-canção) quando gravou o considerado primeiro rock, "Rock Around the Clock", de Bill Haley and His Comets. Em 1957, foi gravado o primeiro rock original em português, "Rock and Roll em Copacabana", escrito por Miguel Gustavo e gravada por Cauby Peixoto. Entre 1957 e 58, diversos artistas gravaram versões de músicas americanas, como "Até Logo, Jacaré" ("See You Later, alligator"), Agostinho dos Santos ou "Meu Fingimento" ("The Great Pretender"), Carlos Gonzaga. 

Embora em 1957 o grupo Betinho e Seu Conjunto (Neurasténico) tenha alcançado grande fama, os primeiros ídolos do rock brasileiro foram os irmãos Tony e Celly Campelo. Em 1959, Cauby Peixoto sob o nome de Coby Dijon, gravou I Go (Maracangalha). 

O começo da década de 60 foi marcado pelo surgimento de grupos instrumentais como The Jet Black's, The Jordans e The Clevers (futuros Os Incríveis), e do cantor Ronnie Cord, que lançaria, entre outros sucessos, “Only The Lonely” (Know How I Feel) que aqui se apresenta. 

Até que surge Roberto Carlos, aqui representado por uma das suas primeiras gravações, “Eternamente” (Forever). (FONTE: https://musicasdosanos60.blogspot.com)

Para baixar esse disco, clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"http://player.transmissaodigital.com/player-barra/7096/000000"