MEUS PLAYLISTS FAVORITOS

sábado, 29 de julho de 2017

Kátia Cilene - Antologia (1967-1988)

01 - Meu bem só gosta de mim (Just to bobby can see) (1967)
02 - Eu e elezinho (1967)
03 - Estou feliz (Puppet on string) (1967)
04 - Brasa viva (1967)
05 - A manchinha no lenço (1968)
06 - Bolha de sabão (1968)
07 - Bilhetinho apaixonado (1968)
08 - Eu não consigo (1968)
09 - Pare de falar (1968)
10 - Garoto champion (1969)
11 - Tão sozinho (Cuore stanco) (1969)
12 - Eu vou fazer você gostar de mim (1969)
13 - A vida é bela (1971)
14 - Toda vez que você passa (1971)
15 - Outro amanhecer (1972)
16 - Fases (1986)
17 - Pior pra você (1986)
18 - Só pra nós dois (1988)
19 - Cadê você (1988)
20 - Não vale a pena (1988)
21 - Quero seu amor pra mim (Happy birthday sweet sixteen) (
22 - Estou livre outra vez (I'm settin' fancy free) (1988)
23 - Estou aqui (1988)
24 - Vai voltar (1988)
25 - Fim de semana (1988).

Kátia Cilene (Cantora. Atriz)
Kátia Cilene Taylor
13/1//1956 Garanhuns, PE


BIOGRAFIA
Começou a carreira artística ainda criança quando, aos 9 anos de idade, apresentou-se na Rádio Clube de Pernambuco. Em 1966, foi escolhida como "Revelação infantil do ano", atuando como rádio atriz, tele atriz, cantora e garota propaganda. Foi então contratada pela gravadora Mocambo e lançou um compacto simples com as músicas "O Iê Iê Iê do Seu Mané" e "Rei Pelé", sendo essa segunda, tocada na Rádio BBC de Londres, durante a Copa do Mundo que se realizava naquele ano na Inglaterra. Fez sucesso no Nordeste inteiro, tendo recebido por diversas vezes o troféu "Melhor do ano", como cantora e atriz. Atuou com destaque nas peças "O retrato de Dorian Grey", "A dama da madrugada" e "Toulon condena um herói". Em 1967, recebeu convite da gravadora CBS e foi para o Rio de Janeiro, onde lançou um compacto simples, interpretando "Meu bem só gosta de mim", versão de Rossini Pinto para "Just so bobby can see", de Jack Segal e Gloria Shayne, e "Eu e elezinho", de Arnaud Rodrigues e Francisco Anísio. No mesmo ano, lançou um segundo compacto simples com as músicas "Estou feliz", versão de Lilian Knapp para "Puppet on a string", de Martin e Coulter, e "Brasa viva", de Barbosa e Soares, seu primeiro grande sucesso, e que seria incluída na coletânea "As 14 Mais - VOL. XX", da CBS. Com o sucesso obtido, foi contratada, juntamente com o irmão Luiz Carlos Clay, pela TV Globo, para estrelar o programa "Globo Music Hall", com direção de Maurício Shermann.
Ainda em 1967, atuou no filme "A grande parada", dirigido por Carlos Alberto de Souza Barros. Em 1968, gravou novo compacto simples, produzido por Jairo Pires, com as músicas "Pare de falar", de Roberto Correa e Sylvio Son, e "Bilhetinho apaixonado", de Niquinho e Othon Russo. Essa última, tornou-se outro grande sucesso. No mesmo ano, gravou novo compacto simples com as músicas "A manchinha no lenço", de Robert Livi e Paulinho da Fonseca, e "Bolha de sabão", de Elizabeth, ambas também sucesso, sendo que "A manchinha no lenço", foi incluída na coletânea "AS 14 Mais - VOL. XXII". Nessa época, viajou por todo o Brasil e apresentou-se em circos, cinemas, clubes, ginásios esportivos e casas noturnas. Apresentou-se também em diferentes programas de televisão de grande popularidade na época, entre eles, "Hebe Camargo", "Chacrinha", "Jovem Guarda", "Rio Hit Parade", "Festa do Bolinha" e "Programa Sílvio Santos". Nesses programas, recebeu inúmeros troféus. Lançou, em 1969, compacto simples com as músicas "Eu não consigo", de Nenéo, e "Eu vou fazer você gostar de mim", de Nelson Ned. A gravação de "Eu não consigo" foi incluída na coletânea "As 14 Mais - VOL. XXIII". Em 1970, gravou, pela Caravelle, um compacto simples com as músicas "Garoto champion", de Geraldo Nunes e Elias Soares, e "Tão sozinha", versão de Rossini Pinto, para "Cuore stanco", de Migliacci, Lusini e Pintucci. Com o declínio da Jovem Guarda, sua carreira começou a declinar e as gravações foram rareando. Em 1986, lançou um compacto simples, pela RGE, com as músicas "Fases" e "Pior pra você", ambas da dupla Michael Sullivan e Paulo Massadas, compositores então em pleno sucesso. Em 1988, também pela RGE, gravou o LP "Kátia Cilene", no qual interpretou "Só pra nós dois", de José Augusto e Paulo Sergio Valle; "Cadê você", de Ed Wilson e Cury; "Não vale a pena", de Michael Sullivan e Paulo Massadas; "Quero seu amor pra mim", versão de Carlos Colla, para "Happy birthday sweet sixteen", de Greenfield e Sedaka; "Part", de Ed Wilson; "Estou livre outra vez (I’m settin’ fancy free)", de J.Hinson e R.August, versão de Carlos Colla; "Estou aqui", de Gilson e Carlos Colla; "Vai voltar", de Chico Roque e Carlos Colla; "Fim-de-semana", de José Augusto e Paulo Sergio Valle, e "Fases", de Michael Sullivan e Paulo Massadas. Em 1997, por ocasião das comemorações de 30 anos da Jovem Guarda, recebeu homenagem da Câmara Municipal da cidade de São Paulo que lhe agraciou com um Diploma de Honra ao Mérito. No final dos anos 1990, afastou-se da carreira artística.

2 comentários:

  1. http://www52.zippyshare.com/v/aTPCeozO/file.html

    ResponderExcluir
  2. Agora sim vicente seu blog ta joia com as contracapa dos discos,a gente entende que alguns discos não tem as contracapas,mais tá legal. um abraço

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...