PLAYLISTS DE MÚSICAS DO SOM13

terça-feira, 13 de novembro de 2018

No Tempo do Toca Discos / Coletânea 32 CDs

Produção: AREAL Record's 2010
Seleção Musical: Don Diego
Capas: Recruta Zero

FONTES DA PESQUISA: 
- http://baumusical.blogspot.com/2012/05/no-tempo-do-toca-discos-vol-15.html
- http://cegosbrasil.net/

domingo, 11 de novembro de 2018

20 Anos De Rock Brasil - Vários (4CDs)

Formato: CD , Álbum, Compilação
País: Brasil
Liberado:2003
Gênero: Rocha(rock)
Estilo: Pop Rock , New Wave


Cd 1 - Nós Vamos Invadir Sua Praia
1 - Lulu Santos De Repente Califórnia
2 - Kid Abelha Educação Sentimental
3 - Barão Vermelho Todo Amor Que Houver Nessa Vida
4 - Dr. Silvana & Cia. Serão Extra
5 - Revista Sou Boy
6 - Inimigos Do Rei Uma Barata Chamada Kafka
7 - Ultraje A Rigor Nós Vamos Invadir Sua Praia
8 - Gang 90 & As Absurdettes Perdidos Na Selva
9 - Tóquio (2) Garota De Berlim
10 - Ritchie Menina Veneno.

Cd 2 - Tempos Modernos
1 - Lulu Santos Como Um Onda (Zen Surfismo) 
2 - Barão Vermelho Pro Dia Nascer Feliz 
3 - Kid Abelha Uniformes 
4 - Ultraje A Rigor Rebelde Sem Causa 
5 - Capital Inicial Música Urbana 
6 - Ira! Núcleo Base 
7 - Biquini Cavadão Tédio 
8 - Plebe Rude Até quando Esperar 
9 - Metrô Beat Acelerado 
10 - Semper Livre Eu Sou Free 
11 - Heróis Da Resistência Só Pro Meu Prazer 
12 - zero Agora Eu Sei 
13 - Lulu Santos Tempos Modernos 
14 - RPM (3) Alvorada Voraz.

Cd 3 - Mudança De Comportamento
1 - Cazuza Exagerado
2 - Lulu Santos Sincero
3 - Kid Abelha Outros
4 - Ira! Mudança De Comportamento
5 - Barão Vermelho Bete Balanço
6 - Camisa de Vênus Eu não Matei Joana D'Arc
7 - Ultraje A Rigor Pelado
8 - Engenheiros do Havaí Infinita Highway
9 - Ira! Flores Em Você
10 - Inocentes Pânico Em São Paulo
11 - Uns E Outros Carta Aos Missionários
12 - Nenhum dos nós Camila, Camila
13 - RPM (3) Revoluções Por Minuto
14 - Cazuza Ideologia.

CD 4 - O Segundo Sol
1 - Titãs Os Cegos Do Castelo
2 - O Rappa Pescador De Ilusões
3 - Barão Vermelho Por Você
4 - Cidade Negra Falar A Verdade
5 - Skank (2) Garota Nacional
6 - Charlie Brown Jr. Proibida Pra Mim (Grazon)
7 - Raimundos Mulher De Fases
8 - Planet Hemp Mantenha O Respeito
9 - O Rappa Minha Alma (A Paz Que Eu Não Quero)
10 - Los Hermanos (3) Anna Julia
11 - Jota Quest Fácil
12 - Nando Reis O Segundo Sol
13 - Kid Abelha Não Vou Ficar
11 - Leo Jaime A Fórmula Do Amor
12 - Blitz Você não Soube Me Amar
13 - Camisa de Vênus Simca Chambord
14 - Ultraje A Rigor Inútil.

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

O Melhor da Jovem Guarda - 10 CD'S (2009)

 A Saga da Jovem Guarda
A Jovem Guarda foi um movimento cultural brasileiro, surgido em meados da década de 1960, que mesclava música, comportamento e moda.

Surgida em agosto de 1965, a partir de um programa televisivo exibido pela TV Record, em São Paulo, apresentado pelo cantor e compositor Roberto Carlos, conjuntamente com o também cantor e compositor Erasmo Carlos e da cantora Wanderléa, a Jovem Guarda deu origem a toda uma nova linguagem musical e comportamental no Brasil. Sua alegria e descontração transformaram-na em um dos maiores fenômenos nacionais do século XX.

Sua principal influência era o rock and roll do final da década de 1950 e início dos 1960. Grande parte de suas letras tinham temáticas amorosas, adolescentes e açucaradas - algumas das quais, versões de hits do rock britânico e norte-americanos da época.

Por essa inspiração, a Jovem Guarda tornou-se o primeiro movimento musical no país que pôs a música brasileira em sintonia com o fenômeno internacional do rock da época, catalisado especialmente pelos Beatles.

Além de Roberto, Erasmo e Wanderléa, destacaram-se no movimento artistas como Ronnie Von, Eduardo Araújo, George Freedman, Wanderley Cardoso, Sérgio Reis, Sérgio Murilo, Arthurzinho Jerry Adriani, Evinha, Martinha, Lafayette, Vanusa, além de bandas como Golden Boys, Renato e Seus Blue Caps, Leno e Lílian, Deny e Dino, Trio Esperança, Os Incríveis, Os Vips e The Fevers.

Fenômeno midiático que arrastou multidões, também designado como iê-iê-iê, em alusão direta à musica dos Beatles, a Jovem Guarda era vista com restrições por setores da crítica, uma vez que sua música era considerada alienada pelo público engajado, mais afeito, primeiro à bossa nova e, depois, às canções de protesto dos festivais. Certamente essas críticas são equivocadas tendo em vista que a Jovem Guarda também era um movimento rebelde já que os artistas cantavam e tocavam Rock, um gênero musical estrangeiro que não era muito aceito pela sociedade ufanista brasileira na época. Cantando Rock, esses artistas já estavam desafiando a sociedade e sendo rebeldes. Outro fator importante era o uso da guitarra elétrica, os artistas da Jovem Guarda utilizavam esse instrumento mesmo ele sendo mal visto pela sociedade brasileira justamente por ser um instrumento estrangeiro. Várias pessoas chegaram a fazer campanha contra a guitarra elétrica nos anos 60, ou seja, se um artista tocasse guitarra elétrica, também estava desafiando o sistema.

Origens
O programa "Jovem Guarda" foi uma criação da agência de propaganda Magaldi, Maia e Prosperi para a grade de programação da TV Record. A demanda veio com a proibição das ao vivo|transmissões ao vivo das futebol|partidas de futebol aos domingos.

Os idealizadores do programa inspiraram-se em uma frase do revolucionário russo Vladimir Lenin, onde dizia "O futuro pertence à jovem guarda porque a velha está ultrapassada". Eles vincularam a expressão com a imagem dos então emergentes cantores Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa.

Auge e Fim
Amparado por gravadoras e campanhas publicitárias, rapidamente o movimento repercutiu em termos de vendagens e de popularização dos seus ídolos. Fenômeno de audiência, o programa de auditório levava ao Teatro Record centenas de jovens, atraídos pelos trio Roberto-Erasmo-Wanderléa, além de artistas convidados. No ápice da sua popularidade, chegou a atingir 3 milhões de espectadores só em São Paulo - fora as cidades para onde chegava em videotape, como as capitais Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife.

Mais do que um fenômeno televisivo, a Jovem Guarda impulsionou o lançamento de discos, roupas e diversos acessórios. Todo um comportamento jovem daquele período foi formatado a partir do programa e seus apresentadores. O modo de se vestir (calças colantes de duas cores em formato boca-de-sino, cintos e botinhas coloridas, minissaia com botas de cano alto) bem como as gírias e expressões ("broto", "carango", "legal", "coroa", "barra limpa", "lelé da cuca", "mancada", "pão", "papo firme", "maninha", "pinta", "pra frente", e a clássica "é uma brasa, mora?") viraram referência para muitos adolescentes do período.

No final de 1968, Roberto Carlos deixou o programa de auditório. Sem seu principal ídolo, a TV Record retirou o programa do ar. Desta maneira, o movimento como um todo perdeu força, até que desaparecer no final da década de 1960.

Legado
Com o fim do movimento, os artistas da Jovem Guarda tomaram três caminhos distintos a partir da década de 1970. Enquanto alguns de seus artistas mantiveram-se identificados com o rock (Os Incríveis, Eduardo Araujo, Erasmo Carlos) e outros se mudaram para a música sertaneja (como Sérgio Reis), a grande maioria deles enveredou-se para a música romântica, de forte apelo popular. Foram os casos de Roberto Carlos, Wanderley Cardoso, Jerry Adriani, Ronnie Von e Reginaldo Rossi (líder, durante a Jovem Guarda, da banda The Silver Jets).

As estética Jovem Guarda, especialmente suas baladas, tiveram grande influência sobre uma nova geração de artistas da música popular brasileira a partir da década de 1970, como Odair José, Diana, em uma vertente que acabou sendo tachada por críticos de "música cafona".

Antes disso, a Jovem Guarda foi a principal responsável pela introdução da guitarra elétrica e do órgão eletrônico por Lafayette, na música do Brasil, que acabou incorporada definitivamente com a Tropicália.

Críticas
A Jovem Guarda foi diversas vezes acusada de se manter afastada das discussões políticas que sacudiam o Brasil durante os primeiros anos da ditadura militar no país. Era considerada música alienada pelo público engajado e setores da crítica mais afeitos a, primeiramente, à bossa nova e, depois, às canções de protesto dos festivais da emergente.

CONFIRA  AS 148 TRILHAS  DE "O MELHOR DA JOVEM GUARDA":

sábado, 3 de novembro de 2018

30 anos de Jovem Guarda: Box com 5 CDs

Álbum: 30 Anos de Jovem Guarda
Gênero: Rock Nacional
N° de Faixas: 70 (5 CDs)
Gravadora: Polygram
Formato: MP3
Qualidade: 192 Kbps.

Este box com 5 CDs foi lançado pela Gravadora Polygram no ano de 1995, trazendo as pérolas da Jovem Guarda, interpretadas por ícones do estilo, como Golden Boys (Esqueça), Trio Esperança (Filme Triste), Eduardo Araújo (Rua Augusta), Ronnie Von (Meu Bem), Jerry Adriani (Doce, Doce Amor) e Martinha (Eu Daria A Minha Vida), dentre outros. 

CD 01
01. Festa de Arromba – Erasmo Carlos
02. Esqueça (FORGET HIM) – Golden Boys
03. Não Quero Ver Você Triste – Ronni Von
04. Marcianita (MARCIANITA) – Bobby de Carlo
05. Pobre Menina (Hang On Sloopy) – Lilian & Ed Wilson
06. Rua Augusta – Eduardo Araújo
07. Emoção – Os Vips
08. Menina Linda (I SHOULD HAVE KNOWN BATTER) – Renato e seus Blue Caps
09. Filme Triste (SAD MOVEIS MAKE ME CRY) – Trio Esperança
10. O Caderninho – Erasmo Carlos
11. Querida (DON´T LET THEM MOVE) – Jerry Adriani
12. Pare o Casamento (STOP THE WEDDING – PREACHER MAN) – Wanderléa
13. Mar de Rosas (ROSE GARDEN – I NEVER PROMISED YOU A) – The Fevers
14. Última Canção – Martinha

CD 02
01. Devolva- me – Lilian & Ed Wilson
02. O Bom – Eduardo Araújo
03. Eu Te Darei o Céu – The Favers
04. Meu Bem (GIRL) – Ronnie Von
05. Faça Alguma Coisa Pelo Nosso Amor – Os Vips
06. Minha Fama de Mau – Erasmo Carlos
07. Meu Prmeiro Amor – Renato e Seus Blue Caps
08. Eu Sou Terrivel – Wanderléa
09. Corúja – Dany & Dino
10. Estúpido Cupido (STUPID CUPID) – Cleide Alves
11. A Festa do Bolinha – Trio Esperança
12. A Pobreza – Leno
13. Biquíne de Bolinhas Amarelinhas Tão Pequenininho – Ed Wison
14. Quando – Vanusa

CD 03
01. o Calhambeque – Caetano Veloso (Convidado Especial)
02. A Praça – Ronnie Von
03. Diana (DIANA) Carlos Gonzaga
04. Pensando Nela (BUS STOP) – Golden BOys
05. Bay Roc – Tony Campello
06. Apache – The Jet Blacks
07. Tijolinho – Bobby de Carlo
08. Eu Daria a Minha Vida – Martinha
09. Vem Quente que eu Estou FERVENDO – Erasmo Carlos
10. Se Você Pensa – Renato e Seus Blue Caps
11. Prova de Fogo – Wanderéa
12. Banho d eLua – Silvinha
13. Gasparzinho – Trio Esperança
14. Doce, Doce Amor – Jarry Adriani

CD 04
01. Ternura – Wanderléa
02. Coração de Papel – Sergio Reis
03. Era um Garoto que Como eu Amava os Beatles e os Rolling Sotnnes – Os Incriveis
04. Feche os Olhos – Renato e seus Blue Caps
05. O Ritimo da Chuva – Leno
06. Garota do Roberto – Waldirene
07. Gatinha Manhosa – Erasmo Carlos
08. Parei na Contramão – Eduardo Araújo
09. Nossa Canção – Martinha
10. Ai de Mim – Golden Boys
11. É Papo Firme – Eduardo Araújo
12. Broto Legal – Jarry Adiani
13. O Passo do Elefantinho – Trio Esperança
14. Doce de Coco -Wanderley Cardoso

CD 05
01. A Volta – Os Vips
02. Splish Splash – Silvinha
03. Eu Já Nem Sei – Wanderléa
04. Alguém na Multidão – Gondel Boys
05. O Bom Rapaz – Wanderley Cardoso
06. Lacinhos Cor-De-Rosa – Lilian
07. o Ciúme – Dany e Dino
08. Wooly Bully – The Fevers
09. Namoradinha de um Amigo Meu – Jarry Adiani
10. Vá Embora Daqui – Marcos Roberto
11. O Escândalo – Renato e seus Blue Caps
12. Sentato à Beira do Caminh – Erasmo Carlos
13. Veja se me Esquece – Dori Edson
14. Quero que Vá Tudo pro Inferno – Todo o Elenco.

Renato e Seus Blue Caps: Box com 16 CDs

Nestes dias, saiu uma pasta especial no MEGA de álbuns de Renato e Seus Blue Caps extraídos de seus LPs originais, em uma qualidade diferenciada. 

O conjunto ingressou na CBS a convite do presidente e diretor artístico na época, Evandro Ribeiro, para gravarem um disco. E foi com a produção do próprio "seu" Evandro que gravaram um compacto duplo, no dia 25 de Abril de 1964, com as músicas "Vera Lúcia", "We Like Birdland", "Bigorrilho" e "Noturno em Mi Bemol", adaptação de Renato Barros para uma obra-prima de Chopin. 

O primeiro álbum de Renato e Seus Blue Caps na CBS estava para ser gravado no final de 1964, mas porém, decidiram esperar um pouco. Em dezembro de 1964 gravaram a instrumental "Fruit Cake". Somente no dia 7 de Janeiro de 1965 vieram a gravar 10 das 12 faixas, sendo que "Vera Lúcia", gravada no ano anterior, foi incluída no disco que viria a ser intitulado como "Viva A Juventude". 

Depois disso não pararam mais. Passariam a gravar grande parte de seus álbuns, de 1964 até pelo menos 1981, quando Evandro Ribeiro deixou de ser presidente da CBS (na época ainda estava encarregado na produção dos discos de Roberto Carlos). 

Nesta pasta, os discos de 1964 a 1970 estão em mixagem Mono e de 1971 a 1976 os discos estão em mixagem Stereo. Dentro desta pasta há uma coletânea bônus de músicas gravadas especialmente para o suplemento da gravadora "As 14 Mais", também com a produção de Evandro Ribeiro.

Discos presentes na pasta:
1965 - "Viva A Juventude" - 37397 
1965 - "Isto É Renato" - 37433
1966 - "Um Embalo Com Renato e Seus Blue Caps" - 37473
1967 - "Renato e Seus Blue Caps" - 37527
1968 - "Especial" - 37584
1969 - "Renato e Seus Blue Caps" - 37640
1970 - "Renato e Seus Blue Caps" - 37691
1971 - "Renato e Seus Blue Caps" - 137742
1972 - "Renato e Seus Blue Caps" - 137793
1973 - "Renato e Seus Blue Caps" - 137828
1974 - "Renato e Seus Blue Caps" - 137864
1976 - "10 Anos de Renato e Seus Blue Caps" - 137925
Coletânea especial "As 14 Mais"

FONTE: https://www.facebook.com/DiscosCBS.Brasil/photos/a.1581583272053961/1679027975642823/?type=1&theater

"As Boas do Brega" - Coletânea com 100 CDs

Estou trazendo hoje para os amigos e seguidores do nosso 'Carbono Musical 2', a coletânea completa denominada "As Boas do Brega", as quais foram divulgadas e compartilhadas por quase todos os blogs e/ou sites que lidam com a música brega, cuja coletânea é composta por 100 volumes e/ou 100 CDs, como queiram assim chamar. As capas dos 100 CDs trazem as "moderninhas" e "ousadas" mulheres 'size plus'!. É brega de todos os gêneros e para todos os gostos!. Aproveitem!...

domingo, 28 de outubro de 2018

The Big Seven - "Os Sucessos Num Super Embalo" / Coletânea Especial com 11 volumes

The Big Seven - Coletânea de 11 volumes - Selo Okeh / CBS
Formado por músicos do The Fevers e do Renato e seus Blue Caps, que só tocavam música instrumental com solos de guitarras e teclados. Participavam destas verdadeira festas em estúdio: Teclados - Scarambone, Mauro Motta e Cleudir Telles. Guitarras: Renato, Carlinhos, Almir, Pedrinho da Luz e Paulo César. Baixo: Paulo César e Liebert. Bateria: Tony, Gelson e Lécio. Percussão: Cid Chaves. Pertenciam ao cast da CBS.

Confira as trilhas dos 11 volumes, coletânea completa de 1968 até 1974:
1 - LP OS SUCESSOS NUM SUPER EMBALO (Okeh 12232) 1968 
The Big Seven - Prod: Evandro Ribeiro
Lado 1 - Pra Nunca Mais Chorar (Carlos Imperial-Eduardo Araujo), Olha O Que Você Me Fez (Sergio Reis), Tempestade Num Copo d'Água (Nilton Cesar-Osmar Navarro), Molambo (Jayme Florence-Augusto Mesquita), Parabéns Querida (Roberto Corrêa-Sylvio Son), A Pobreza (Renato Barros).
Lado 2 - Soy Loco Por Ti America (Gilberto Gil-Capinam), Eu Sou Terrível (Roberto-Erasmo), Prova de Fogo (Erasmo Carlos), Vesti Azul (Nonato Buzar), Bilhetinho Apaixonado (Niquinho-Othon Russo), Quando (Roberto Carlos).

2 -1968 - LP OS SUCESSOS NUM SUPER EMBALO - Vol.II (Okeh 12234)
The Big Seven - Prod: Evandro Ribeiro
Lado 1 - A Minha Menina (Jorge Ben), The Millionaire (Mike Maxfield), Largo Tudo e Venho Te Buscar (Roberto Carlos), Perto dos Olhos Longe do Coraçäo (Dori Edson-Marcos Roberto), Baby (Caetano Veloso), Que Destino Tenho Eu (Renato Barros-Roberto Bernardes).
Lado 2 - São duas faixas: a - Sá Marina (Antonio Adolfo-Tibério Gaspar), No Dia Em Que Parti (Carlos Roberto), Tenho Um Amor Melhor Que O Seu (Roberto Carlos) e b - última Canção (Carlos Roberto), Conceiçäo(Jair Amorim-Dunga), É Pena Que Tenhas Namorado (Rui Menezes-Gerônimo P. Silva- Elmar Tocafundo).

3 - LP OS SUCESSOS NUM SUPER EMBALO - Vol. III (Okeh 12245) - 1969
The Big Seven - Prod: Evandro Ribeiro
Lado 1 - Que Pena (Jorge Ben), Ninguém Vai Tirar Você de Mim (Edson Ribeiro-Hélio Justo), Coração de Cristal (Corazon de Cristal) (Smith-Smith), Preciso Esquecer Que Te Amo (Edson Ribeiro-Helio Justo), Não Me Perguntem Por Ela(Renato Barros), Lo Decia El (Betancourt).
Lado 2 - Férias na Índia (Osmar Navarro-Nilton Cesar), Quero Um Beijo Seu (Renato Barros-Gileno), Adeus Ingrata (Geraldo Nunes), Risque(Ary Barroso), Quero Saber (Gileno), Vingança(Lupicínio Rodrigues).

4 - LP OS SUCESSOS NUM SUPER EMBALO - Vol. IV (Okeh 12249)
The Big Seven - Prod: Evandro Ribeiro
Lado 1 - Vendedor de Bananas (Jorge Ben), Oh! Meu Imenso Amor (Roberto-Erasmo), A Festa dos Seus 15 Anos (Ed Wilson), Ando Em Volta Pelo Mundo (Povero Cane) (Rosa-Evasio-Paolo), Não Toco Mais Minha Guitarra (Geraldo Nunes), A Namorada Que Sonhei (Osmar Navarro).
Lado 2 - Disse Me Disse (Getúlio Côrtes), Obrigado Pela Atençäo (Raulzito), Não Me Deixe Nunca Mais (Rossini Pinto-Solange Corrêa), A Cigana (Nelson Ned), Uma Lágrima (Una Lacrima) (Bigazzi-Cini), Caminhemos(Herivelto Martins).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...