MEUS PLAYLISTS FAVORITOS

domingo, 16 de julho de 2017

Ed Wilson - 20 Super Sucessos

01 00:00 Sandra (Sorrow)
02 01:59 Mas Que Frio Faz (Ma Che Freddo Fá)
03 04:43 Pode Ir Para O Seu Novo Amor
04 07:33 Sem Seu Amor
05 10:47 Quero Saber (Quiero Saber De Tu Amor) - Part. Esp. Diana
06 12:48 Saudade (Sorry)
07 15:31 Se Ela Não Serve Pra Você, Também Não Serve Pra Mim
08 17:47 Lembre Do Meu Amor (I Can't Help Falling In Love)
09 20:19 Volte, Querida
10 22:33 E Morro De Saudade De Você
11 25:38 Se Você Quer (Count Me In)
12 27:49 Verdadeiro Amor (It's Only Make Believe)
13 31:13 Carinhoso - Part. Esp. Diana
14 34:19 Não Sei Porque
15 37:21 Cantemos O Hi-Ho (Heigh-Ho)
16 39:43 Eu Queria Esquecer (Je Voudrais L'oublier)
17 43:04 Não Sei Viver Sem Teu Amor
18 45:50 O Homem Do Cigarro (The Man With The Cigar)
19 48:16 Te Amo, Te Amo (Te Quiero, Te Quiero)
20 51:02 Vou Partir (A Fool Such As I) (Now And Then There's)

Ed Wilson
Edson Vieira de Barros
 29/7/1945 Rio de Janeiro, RJ
 3/10/2010 Rio de Janeiro, RJ
BIOGRAFIA
Cantor. Compositor. Criado no subúrbio carioca da Piedade é irmão de Renato Barros, e de Paulo César Barros, ambos músicos e integrantes do conjunto Renato e Seus Blue Caps. Faleceu de câncer aos 65 anos no Hospital São Lucas, em Copacabana, Rio de Janeiro, RJ.

Iniciou a carreira fazendo parte do grupo Renato e Seus Blue Caps, no qual permaneceria até 1961, lançando-se no ano seguinte em carreira solo. Em 1962, o rock "Comanche", de sua autoria, foi gravado pelo conjunto Renato e seus Blue Caps. No mesmo ano, contratado pela gravadora Odeon, lançou seu primeiro disco solo, um 78 rpm com as músicas "Nunca Mais", de Carlos Imperial e Paulo Brunner, e "Juro Meu Amor (Django)", de Mogen Petersen, versão de Carlos Imperial. Em 1963, lançou um compacto duplo com as composições "Telefonema", de Renato Barros, "Quando", de Luigi Tenco, versão de Romeo Nunes, "Eu e Elas (Uno Per Tutte)", de Tony Renis, Alberto Testa e Mogol, versão de Mário Albanese, e "Doidinha Por Mim", de Ricardo Galeno. Em 1964, contratado pela RCA Victor, gravou dois compactos simples com as baladas "Sabor De Sal", versão para ao sucesso italiano "Sabore Di Sale", e "Bronzeadíssima", e os rocks "O Carro Do Papai" e "Patrulha Na Cidade", ambos de Renato Barros. 
Em 1965, lançou novo compacto simples com as músicas "Doce Esperança", de Renato Barros, e "Como Te Adoro Menina", versão de Renato Barros, para "Quiereme Mucho", de Gonzalo Roig. Nessa época atuou no programa Jovem Guarda, sendo, aliás, citado em "Festa de arromba", sucesso de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, gravado por esse último em 1965. Em 1966, transferiu-se para a gravadora CBS e lançou seu primeiro LP, intitulado "Verdadeiro amor", no qual interpretou "Sandra (Sorrow)", de Feldman, Goldstein e Gottehrer, versão de Leno, um de seus grandes sucessos, "Pode Ir Para o Seu Novo Amor", de Leno, "Cantemos o Hi-ho (Heigh-ho)", de Frank Churchill e Larry Morey, e "Verdadeiro Amor (It's Only Make Believe)", de Conway Twitty e Jack Nance, versões de Getúlio Cortes, "Vou Partir (A Fool Such As I) (Now And Then There's)", de Bill Trader, versão de Renato Barros, "Não Sei Viver Sem Teu Amor", de Jerry Adriani e A. Bourget, "Se Você Quer (Count Me In)", de Glen D. Hardin, versão de Lilian Knapp, "O Homem Do Cigarro (The Man With The Cigar)", de Barry Richards e Larry Kusik, e "Lembre Do Meu Amor (I Can't Help Falling In Love)", de George David Weiss, Hugo Peretti e Luigi Creatore, versões de Leno, "Volte Querida", de Renato Barros e Lilian Knapp, "Eu Queria Esquecer (Je Voudrais L'oublier)", de André Salvet e Guy Mardel, versão de Nazareno de Brito, e "Não Sei Porque", de sua autoria. No mesmo ano suas gravações para as baladas "Sandra (Sorrow)", de Feldman, Goldstein e Gottehrer, versão de Leno, e " Se Você Quer (Count Me In)", de Glen D. Hardin, versão de Lilian Knapp, foram incluídas na coletânea "As 14 Mais - Vol. XVIII", da CBS. Em 1967, gravou um compacto simples com as baladas "Saudade (Sorry)", de Chip Taylor e Al Gorgoni, versão de Lisna Dantas, outro de seus sucessos, e "O Amigo Da Onça", de Renato Barros. No mesmo ano, teve as baladas "Acho que vou lhe esquecer" e "Vou lhe deixar", esta em parceria com o irmão Paulo César Barros, gravadas pela cantora Wanderléa, e o rock "A saudade que ficou", com Renato Barros, gravada pelo conjunto Renato e Seus Blue Caps. Em 1968, registrou, pela CBS, dois compactos simples com as baladas "Ela Me Deixou Chorando", de Carlos Wallace, para "Lucy In The Sky With Diamonds", de John Lennon e Paul McCartney, "Sem Seu Amor", de Renato Barros, "E Morro De Saudades De Você", de Luiz Ayrão e Marcos Torraca, e "Essa Noite Eu Chorei", de sua autoria. Nesse ano, sua balada "A Esperança É A Última Que Morre" foi gravada pelo grupo Renato e Seus Blue Caps. Em 1969, fez sucesso com a balada "Se Ela Não Serve Pra Você, Também Não Serve Pra Mim", de Raulzito, em compacto simples que trazia no lado B a composição "Todo Mundo Vê Que Você Me Quer", de Renato Barros. Também no mesmo ano, sua balada "A Festa Dos Seus 15 Anos" fez sucesso em gravação do cantor Leno. Em 1970, gravou as composições "A Hora do Adeus", de sua autoria, e "Mas Que Frio Faz (Ma Che Freddo Fa)", de Franco Migliacci e Claudio Mattone, versão de Leno. Nesse ano, o soul "Sou Negro ", com Getúlio Cortes, foi lançado em compacto duplo pelo cantor e ator Toni Tornado. Em 1971, gravou em dueto com a cantora Diana o choro "Carinhoso", de Pixinguinha e João de Barro, além de lançar um compacto simples com as músicas "Te Amo, Te Amo (Te Quiero, Te Quiero)", de Rafael de León e A. Algueró Jr., versão de Sebastião Ferreira da Silva, e "Ela É Minha (She's a Lady)", de Paul Anka, versão de Rossini Pinto. No mesmo ano, teve as músicas "Agora é tarde", "Não é nada disso", com Gelson, e "Sou louco por você", com Renato Barros, gravadas por Renato e Seus Blue Caps. Em 1972, voltou a gravar em dueto com a cantora Dina, interpretando com ela o bolero "Quero Saber (Quiero Saber De Tu Amor)", de J. Acosta e Calderón, versão de Rossini Pinto. Em 1973, lançou compacto simples no qual interpretou "Última Briga de Amor", de Cury, e "Cantando", de Mercedes Simone, versão de Virgínia Amorim. Em 1977, gravou "Linda Namorada", de Luiz Ayrão, Maxine e Alessandro, e "Vale A Pena", de Alessandro e Cury. Em 1981, a balada "Coincidência", com Cury, foi registrada em compacto simples pelo cantor Agnaldo Rayol. No mesmo ano, o bolero "Dá Pra Perdoar", com Robert Livi, foi gravado pelo Trio Irakitan no LP "Sempre românticos". Essa música alcançou algum sucesso e foi regravada por Antonio Marcos em 1982 tornando-se um dos grandes sucessos desse cantor. Em 1983, Jerry Adriani lançou "Pra lembrar nós dois", em disco pela Polyfar. Em 1984, a balada rock "Chove e Não Molha ", com Paulo Massadas, foi registrada pela banda The Fevers, no LP "Fevers 84". Em 1985, a cantora Carmen Silva, no LP "Fofurinha", gravou "Ai Que Beijo Bom". Nesse ano, alcançou grande sucesso quando Gal Costa registrou no LP "Profana" a composição "Chuva de prata", parceria dele com Ronaldo Bastos, composta em homenagem a Celly Campelo, e que foi incluída na trilha sonora da novela "Um sonho a mais", da Rede Globo. Nesse período, passou a dedicar-se a música gospel e lançou, ainda em 1985, pelo selo Magazine/Copacabana, o LP "Chuva de bênçãos". Também em 1985, a composição "Mal Nenhum", com Ronaldo Bastos, foi registrada pela cantora Joanna, sendo ainda incluída na trilha sonora da novela "Roque Santeiro" da Rede Globo. Ainda no mesmo ano, fez grande sucesso com a música "Pede A Ela", com Carlos Colla, gravada inicialmente por Tim Maia, e recebendo gravações de Pedrinho Rodrigues e da dupla Ney e Nando. Em 1988, fez uma participação especial no LP lançado pela cantora Kátia Cilene, pela RGE, interpretando com ela a balada "Quero Seu Amor Pra Mim (Happy Birthday Sweet Sixteen)", de Neil Sedaka e Howard Greenfield, versão de Carlos Colla. No mesmo ano, "Caso Passageiro", com Carlos Colla, foi gravada por Jerry Adriani. Em 1989, a composição "Água Na Boca", com Wanderléa e Dani, foi registrada pela cantora Wanderléa. Ainda nesse ano, a composição "Cada Amor Faz Sua História", com Prêntice e Carlos Colla, foi gravada pelo cantor Fernando Mendes, sendo regravada em 1992, em disco diferentes, por Fábio Jr e Lilian. Também em 1989, teve o rock balada "Cedo Ou Tarde", com Carlos Colla, lançado pelo grupo The Fevers, enquanto Angélica, Ney Matogrosso e Os Trapalhões gravaram "Help da Natureza", com Carlos Pedro, em LP lançado pela apresentadora Angélica. Teve ainda o samba canção "Nosso Amor ", com Toquinho e Paulo Sergio Valle, gravado por Toquinho, no LP " À sombra de um jatobá". Em 1990, fez grande sucesso com a balada "Aguenta Coração", com Prêntice e Paulo Sergio Valle, gravada pelo cantor José Augusto e integrante da trilha sonora "Barriga de aluguel", da TV Globo. Nesse ano, a lambada "Aventureiro", com Chico Roque, foi lançada pela Banda Belém, no LP "Lamba Dance - Uma Super Festa", sendo regravada em 1993, por Beto Barbosa, em 1995, por Latino, e em 1998, por Sidney Magal. Em 1991, a balada "A Festa Dos Seus 15 Anos" foi regravada pelo cantor Giliard, enquanto a cantora Fafá de Belém lançou o bolero "Tô Carente", com Solange de César, no LP " Doces palavras", tornando-se um dos sucessos de sua carreira. No mesmo ano o cantor Jerry Adriani, no LP "Doce aventura" gravou "A Primeira Vez", com Carlos Pedro, enquanto a dupla sertaneja Crystian e Ralf, gravou "Basta Um Olhar", com Chico Roque, e Pery Ribeiro, no LP "Pery", apareceu com "Lições de Vida",com Paulo Sergio Valle. Em 1992, também seguindo a linha gospel, gravou pela Line Records o LP "Te amo demais". Nesse ano, "Aguenta Coração ", com Prêntice e Paulo Sergio Valle, foi registrada por Eliana Pittman no LP "Sentimento de Brasil", e "Beijos De Mel", com Paulo Sergio Valle e Prêntice, foi lançada pela dupla Carmen e Fabiano. Nesse período passou a ter composições gravadas por artistas sertanejos, então em grande sucesso. Ainda em 1992, a balada "Amor Cigano", com Solange de César, foi gravada pela dupla feminina As Marcianas, enquanto o cantor Marcelo Costa apareceu no disco com "Alma Cigana", com Solange de César. Nesse ano, apresentou-se no programa do Bolinha, na TV Bandeirantes, interpretando seus grandes sucessos. Em 1993, teve a composição "Agora Eu Sei ", com Fred Falcão, lançada por Elson do Forrgode, no LP "Cada dia quero mais"; a dupla Jean e Marcos gravou "Anjos Da Rua", com Solange de César, e o cantor Dalvan registrou "Gato e Sapato", com Solange de César. Em 1994, lançou, também pela Line Records, seu terceiro LP gospel, "Minha estrada", com 12 composições de sua autoria. Em 1995, a dupla Carlos e Alessandro, gravou a balada "Coração Pelo Avesso", com Solange de César. Em 1997, também pela Line Records, lançou o CD "Uma força no ar", com onze composições de sua autoria. Nesse ano, sua composição "Gota de Mel", com Solange de César, foi gravada por Carlos Dafé, no CD "Seu jeito de olhar", enquanto o batidão "Coração Peão", com Solange de César, veio a lume pela dupla Marcelo e Maurício. Em 1998, a cantora Angélica gravou "Tudo tem sua hora", em CD pela Sony Music. Em 2000, o grupo de forró eletrônico Banda Líbanos regravou o sucesso "Aguenta coração", que, inclusive, deu título ao CD lançado pelo grupo. No mesmo ano, a dupla Maurício e Mauri, no CD "Comitiva Brasil pro Rodeio" gravou "Gato e Sapato", com Solange de César. Em 2001, sua composição "A Paixão Tem Memória", foi registrada pela cantora Alcione dando título ao Cd lançado pela cantora naquele ano. Em 2002, a dupla Victor e Leo, então em começo de carreira, gravou "Escondendo o jogo", com Gilson, no CD "Number One". Em 2005, foi um dos fundadores da Banda The Originals, que contou inicialmente com as participações de integrantes dos conjuntos The Fevers, Renato e Seus Blue Caps e Os Incríveis. Surgida a partir de idéia do saxofonista e produtor Miguel Plopschi, integrante e um dos fundadores do conjunto The Fevers, a banda contou em sua primeira formação com a sua presença e ex-componente do Renato e Seus Blue Caps, Pedrinho da Luz; Almir Bezerra e Cleudir Borges que, juntamente com Miguel Plopschi, foram integrantes dos Fevers; Netinho e Nenê Benvenutti, ex-integrantes dos Incríveis, e. No mesmo ano, a banda gravou seu primeiro CD e DVD, que obteve "disco de ouro" pela vendagem. Nesse CD/DVD, do qual participou como vocalista e guitarrista foi gravada sua composição "Pra Todo Mundo Ouvir", com Dudu Falcão. Em 2006, participou juntamente com Erasmo Carlos, Wanderléa, Wanderley Cardoso, Jerry Adriani, José Ricardo, Martinha, Waldireni, Rosemary, Cleide Alves, Ed Carlos, Ronaldo Luis e Márcio Augusto, da gravação da música "Jovens Tardes de Domingo", de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, para o CD e DVD "Roberto Carlos - Duetos", lançado pela Amigos Records/Sony BMG Music. No mesmo ano, como integrante da banda The Originals, participou da gravação do segundo CD da banda e, logo em seguida, passou a realizar com a mesma a turnê "The Originals vol. 2", por todo o Brasil. No mesmo ano, a banda foi indicada pela segunda vez seguida ao prêmio Tim da Música Brasileira como "Melhor grupo". Em 2009, a balada "Sou Eu", com Carlos Colla, foi gravada pela dupla Bruno e Marrone no CD "De volta aos bares". Em 2010, participou da gravação ao vivo, no Espaço Veneza, em Botafogo, RJ, do terceiro trabalho da banda The Originals intitulado "The original - A Festa continua". No mesmo ano, apresentou-se no Programa "Musishow", na Rádio Nacional, 2 meses antes da sua morte, naquela que seria sua última entrevista. Em 2011, Elymar Santos gravou "A Paixão Tem Memória", no CD "Elymar canta Marrom". De estilo eclético, depois que o movimento da Jovem Guarda entrou em declínio dedicou-se principalmente ao ofício de compositor e teve então composições lançadas por nomes como Leno, Gilliard, Alcione, Elymar Santos, Elson do Forrogode, José Augusto, Eliana Pittman, Carlos José, Banda Líbanos, Carmen Silva, Marcelo Costa, Fernando Mendes, As Marcianas, Nilton César, Marciano, Beto Barbosa, Latino, Sidney Magal, Chrystian e Ralf, Fábio Junior, Roupa Nova, Fafá de Belém, Gal Costa, Antônio Marcos, Trio Iraktan, Pery Ribeiro, Bruno e Marrone, e outros, além daqueles egressos da Jovem Guarda como Jerry Adriani, Wanderléa, Leno, Lilian, The Fevers e Renato e Seus Blue Caps. Entre seus maiores sucessos estão as músicas "Chuva de prata", gravada por Gal Costa; "Pede a ela", lançada por Tim Maia, e "Aguenta coração", que, na voz do cantor José Augusto, foi tema de abertura da novela "Barriga de aluguel", da TV Globo.

Um comentário:

  1. https://www.4shared.com/rar/6BASfF2Jei/Ed_Wilson_-_20_Super_Sucessos_.html

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...